Os Abençoados

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Um dos maiores eventos da História


Também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora
(1 João 2:18).

UM DOS MAIORES EVENTOS DA HISTÓRIA!

Os fatos atualmente indicam que a última hora está cada vez mais perto. Sob as máscaras de alegria e contentamento estão corações vazios e feridos. As coisas se tornam piores e as tentativas de solucionar os problemas do mundo não funcionam. A moral e o temor do Senhor se degeneram com uma velocidade impressionante e vemos trevas espirituais onde costumava estar a luz; o misticismo e as religiões abundam, e as pessoas se entregam avidamente a isso.

A realidade da vinda de Cristo. Sua vinda em pessoa é um dos maiores e mais sensacionais eventos da história humana, e está bem próximo de acontecer. Ele já preparou um lugar para os crentes: “E, quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também” (João 14:3). Não há dúvida sobre isso, pois o Senhor não pode mentir (Tito 1:2). As pessoas hoje zombam disso, assim como os contemporâneos de Noé zombavam quando ele falava sobre o dilúvio que viria. Mas chegou o dia em que o dilúvio veio e todos pereceram em sua incredulidade (2 Pedro 2:12).

A iminência da vinda de Cristo. Ele virá “num momento, num abrir e fechar de olhos” (1 Coríntios 15:52). Então nós “seremos arrebatados juntamente com eles [os mortos que serão ressuscitados] nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor” (1 Tessalonicenses 4:17). E depois virão os julgamentos de Deus sobre toda a terra (Apocalipse 6:17).

O resultado da vinda de Cristo. Nesse dia os crentes experimentarão a plenitude da salvação eterna. Seus corpos serão transformados em corpos imortais e incorruptíveis (1 Coríntios 15:52-54), corpos semelhantes ao que o próprio Senhor possui (Filipenses 3:21).

Querido leitor, você está preparado para esse dia indescritível?

domingo, 26 de maio de 2013

Aniversário da Assembléia de Deus Madureira no Bairro Vermelha

Neste sábado Comemoramos os Cinco anos de existência da Assembléia de Deus Ministério de Madureira no Bairro Vermelha, sob a direção do Campo da ADMANS, que tem como Pastor Presidente o Sr. Mário Alves e como dirigente da Igreja o Pasto JARBAS.

Uma Igreja com uma história de lutas e vitórias fundada há pelo menos 16 anos passou por diversas adversidades, fechamentos mas como a obra é de Deus levantou e está comemorando agora o seu 5º aniversário para a Glória de Deus.

Nossos agradecimentos a Deus por ter sustentado esta obra, ao Evangelista Cesário e a Diaconiza Geralda que sustentaram esta obra até dezembro de 2012, que Deus os abençoe!!!, ao Pastor Mário Alves que na sua visão missionária levantou esta obra no local que hoje funciona a Igreja, ao Dirigente Pastor Jarbas que tem contribuído com muita luta para com esta obra, aos amados irmãos que tem perseverado para manter estas portas abertas. 

Algumas fotos desta maravilhosa comemoração:
























domingo, 19 de maio de 2013

Primeiro Culto na Direção de Senhores

Pela infinita misericórdia de Deus, realizamos neste sábado 18/05/2013 o Primeiro Culto sob a direção dos Homens da Congregação.

Algumas fotos:

Presbitero Paulo pregando a palavra de Deus


Missionária Nathália e Diácono Raylson louvando a Deus


Devocional - Marcos 15:22-41


Marcos 15:22-41

O homem realiza o mais infame crime de todos os tempos: Ele crucifica o Filho de Deus e não Lhe poupa nenhuma forma de sofrimento e humilhação. O Salvador está pendurado no madeiro amaldiçoado (Gálatas 3:13), e o Seu amor pelo Pai e pelos homens ali O mantém. O Senhor Jesus sendo "contado com os transgressores", como haviam profetizado as Escrituras (v. 28; Isaías 53:12), padecendo ainda todo tipo de insultos e provocações nesta cruz. O mundo O rejeita (e dessa maneira condena-se a si mesmo), mas agora também o céu se fecha para Ele, e isso fica expresso em Seu grito de indizível angústia: "Deus meu, Deus meu, por que me desamparaste?" (v. 34; vide Amós 8:9-10). O céu está fechado para Ele a fim de que possa ser aberto para nós. Foi para conduzir "muitos filhos à glória" que o Autor de nossa salvação foi aperfeiçoado por meio de sofrimentos (Hebreus 2:10). Essa página da sagrada Escritura, sobre a qual a nossa fé repousa com adoração, constitui o incontestável documento que nos garante acesso à glória dos céus; e, como sinal de que esse acesso nos foi possibilitado, rasga-se o véu do santuário (v. 38) - que velava o lugar da habitação de Deus. O grito em alta voz do Salvador ao morrer é prova de que Ele mesmo deixou a Sua vida, voluntariamente, em plena posse de Sua força. É o último ato de obediência dAquele que havia vindo a Terra para servir, sofrer e morrer, entregando a Sua preciosa vida em resgate por muitos (10:45).

TODO DIA COM JESUS

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Devocional - Marcos 15:1-21


Marcos 15:1-21


Como é característico da narrativa deste evangelho, até mesmo a obra de morte deve ser realizada "logo" (v. 1). Agitados pela aproximação da Páscoa e em sua pressa por acabar com este prisioneiro que lhes enche de temor, as autoridades do povo não perdem tempo. Conduzem o Senhor Jesus perante Pilatos, não sem antes amarrar aquelas mãos que haviam curado tantas enfermidades e nunca haviam feito senão o bem. Diante do governador romano, o Salvador novamente guardou silêncio, do qual os Salmos 38:1-15; 39:9 e Lamentações 3:28 revelam os maravilhosos motivos. A Sua oração neste momento é: "Pois em ti, Senhor, espero; tu me atenderás, Senhor Deus meu"; "porque tu fizeste isto".

Pressionado pelos principais sacerdotes, todo o povo, em sua louca cegueira, reclama em coro a liberdade do assassino Barrabás e a crucificação de seu Rei. Então Pilatos, querendo satisfazer a multidão, liberta o criminoso e condena o Homem que sabe ser inocente. Veja até onde pode chegar o desejo de agradar aos homens! (João 19:12).

Os cruéis soldados zombam dEle fingindo submeter-se Àquele que está em seu poder (porém Ele Se entregou voluntariamente). E o homem coroa o seu Criador com espinhos que a terra passou a produzir em conseqüência do pecado do homem (Gênesis 3:18).



terça-feira, 7 de maio de 2013

Ana Paula Valadão lança livro -Verdadeira Adoração



A cantora e pastora Ana Paula Valadão acaba de lançar seu segundo livro, “Verdadeira Adoração – princípios de uma vida diante do Trono”. O livro traz experiências pessoais da autora e reflexões acerca de um relacionamento transformador com o próprio Deus. 

“Verdadeira Adoração” é uma seleção de mensagens que destacam como ter uma vida de Adoração. Para Ana Paula, os princípios bíblicos são imutáveis, norteiam a adoração que agrada a Deus e guardam os cristãos para não se perderem em meio às lutas. “A Palavra de Deus é o que pode sustentar a nossa fé e orientar a nossa prática como adoradores de Jesus, hoje e para sempre. Os textos do livro são o ponto de partida de alguém que tem descoberto em seu dia-a-dia como viver na total dependência de Deus, adorando em qualquer situação. 


Ana Paula destaca que as igrejas estão crescendo como nunca antes e as oportunidades para pregar o Evangelho são muitas, inclusive com o próprio testemunho, vivendo o que Jesus ensinou. “Somos responsáveis por viver como modelo diante de multidões. São milhares de milhares de pessoas que nos observam. Elas se aproximam de Jesus por meio de cada um de nós e carecem de referenciais do que significa ser verdadeiramente um cristão”. 


O livro “Verdadeira Adoração” é um convite para meditar sobre a adoração a Deus, como ela é oferecida e o que se pode vivenciar por meio dela. “Antes de nos atermos ao resgate das formas, sons, ritmos e estilos, o que mais precisamos enfatizar é a essência do que seja a verdadeira adoração. É um compromisso com a adoração que agrada a Deus, com aquilo que ele deseja receber”. 

Fonte: Super Gospel

Divulgue Seu Site/Blog:


Echange de visiteurs automatique

Devocional - Marcos 14:55-72


Marcos 14:55-72

E os principais dos sacerdotes e todo o concílio buscavam algum testemunho contra Jesus, para o matar, e não o achavam.

Porque muitos testificavam falsamente contra ele, mas os testemunhos não eram coerentes.
E, levantando-se alguns, testificaram falsamente contra ele, dizendo:
Nós ouvimos-lhe dizer: Eu derrubarei este templo, construído por mãos de homens, e em três dias edificarei outro, não feito por mãos de homens.
E nem assim o seu testemunho era coerente.
E, levantando-se o sumo sacerdote no Sinédrio, perguntou a Jesus, dizendo: Nada respondes? Que testificam estes contra ti?
Mas ele calou-se, e nada respondeu. O sumo sacerdote lhe tornou a perguntar, e disse-lhe: És tu o Cristo, Filho do Deus Bendito?
E Jesus disse-lhe: Eu o sou, e vereis o Filho do homem assentado à direita do poder de Deus, e vindo sobre as nuvens do céu.
E o sumo sacerdote, rasgando as suas vestes, disse: Para que necessitamos de mais testemunhas?
Vós ouvistes a blasfêmia; que vos parece? E todos o consideraram culpado de morte.
E alguns começaram a cuspir nele, e a cobrir-lhe o rosto, e a dar-lhe punhadas, e a dizer-lhe: Profetiza. E os servidores davam-lhe bofetadas.
E, estando Pedro embaixo, no átrio, chegou uma das criadas do sumo sacerdote;
E, vendo a Pedro, que se estava aquentando, olhou para ele, e disse: Tu também estavas com Jesus Nazareno.
Mas ele negou-o, dizendo: Não o conheço, nem sei o que dizes. E saiu fora ao alpendre, e o galo cantou.
E a criada, vendo-o outra vez, começou a dizer aos que ali estavam: Este é um dos tais.
Mas ele o negou outra vez. E pouco depois os que ali estavam disseram outra vez a Pedro: Verdadeiramente tu és um deles, porque és também galileu, e tua fala é semelhante.
E ele começou a praguejar, e a jurar: Não conheço esse homem de quem falais.
E o galo cantou segunda vez. E Pedro lembrou-se da palavra que Jesus lhe tinha dito: Antes que o galo cante duas vezes, três vezes me negarás. E, retirando-se dali, chorou.


No meio da noite, o palácio do sumo sacerdote está em grande agitação. O Senhor Jesus está perante Seus acusadores. Falsas testemunhas fazem declarações, mas estas são conflitantes. Contudo o Senhor não tira partido disto para Se defender. É condenado; golpeiam e esmurram-NO; alguém cospe-Lhe na face. O Salvador suporta todos esses ultrajes, os quais já tinham sido preditos pelo profeta Isaías (50:6).

Outra cena triste está ocorrendo no pátio do palácio. Pedro não crera no que lhe havia dito seu Mestre, e até Lhe assegurou: "De nenhum modo te negarei" (v. 31). Depois no Getsêmani, ele não deu ouvidos quando o Senhor lhe disse para vigiar e orar. Eis a razão de sua derrota. De mais a mais, o Salvador havia advertido os discípulos de que "a carne é fraca" (v. 38). Porém, esta era uma verdade que Pedro não estava disposto a aceitar, e por isso ele havia de passar por esta amarga experiência. O que nós não queremos aprender com o Senhor, acatando humildemente a Sua Palavra, teremos de aprender por meios muitas vezes dolorosos, enfrentando o Inimigo de nossas almas.

Para convencer com mais veemência de que ele não conhecia "este homem", Pedro passa a praguejar e a jurar. Não o julguemos; antes pensemos nas muitas maneiras pelas quais podemos negar o Senhor se não vigiarmos: com os nossos atos, com as nossas palavras ou... com o nosso silêncio (vide 1 Coríntios 10:12).



domingo, 5 de maio de 2013

Devocional Diário - Romanos 13:1


"Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas." Romanos 13:1


Innovative Traffic Exchange


Quando entendemos o princípio de autoridade, somos submissos não por causa do temor de sermos punidos, mas por causa da consciência que temos que toda autoridade vem de Deus, e quando estamos sujeitos às autoridades nos submetemos diretamente ao nosso Deus. Rebeldia é uma atitude ilegal. Quem planta rebeldia vai colher o fruto da sua rebeldia. O rebelde sempre acaba mal. Existem dois caminhos: submissão e a obediência para a bênção ou a rebeldia e desobediência para a maldição.



quinta-feira, 2 de maio de 2013

Lição 5 - Conflitos na família

LIÇÃO 5: CONFLITOS NA FAMÍLIA — 05/05/2013

Os objetivos a serem alcançados com esta aula são:
  • Elencar alguns fatores que podem gerar conflitos entre os cônjuges.
  • Analisar os resultados das atividades profissionais dos pais.
  • Compreender a importância da fidelidade conjugal no casamento.
Os conflitos familiares vêm de tempos imemoriais. No Éden, antes da Queda, havia um ambiente perfeito: harmônico e amoroso. Mas o casal, ouvindo o tentador, perdeu a doce comunhão com Deus, e a consequência não podia ser outra: o início de sérios conflitos familiares. A boa nova para os nossos dias é saber da possibilidade, em Cristo, de equacionarmos os problemas que, às vezes, afetam a família cristã.

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Lição 5: As autoridades são constituídas por Deus




05 de Maio de 2013

As autoridades são constituídas por Deus

Texto Áureo

“E, como Janes e Jambres resisti­ram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corruptos de entendimento e réprobos quanto à fé”. 2 Tm 3.8

Verdade Aplicada

A obediência a Deus e às auto­ridades constituídas, é a mais infalível evidência do sincero e supremo amor a Ele.

Objetivos da Lição

►      Mostrar que, para exercer liderança, o obreiro precisa ser forte e corajoso para não ser vencido pelos murmuradores;
►      Ressaltar que obedecer é me­lhor que sacrificar.
►      Deixar claro que os líderes precisam de apoio, estímulo e amizade dos liderados.

Textos de Referência

Rm 13.1    Toda pessoa esteja sujeita às autoridades superio­res, pois não há autoridade que não venha de Deus; e as autori­dades que há foram ordenadas por Deus.
Rm 13.2    Por isso, quem resiste à autoridade resiste à ordena­ção de Deus, e os que resistem trarão sobre si mesmos a con­denação.
2 Tm 3.8    E, como Janes e Jambres resistiram a Moisés, assim também estes resistem à verdade, sendo homens corrup­tos de entendimento e réprobos quanto à fé.
Hb 13.17   Obedecei a vossos pastores e sujeitai-vos a eles; porque velam por vossa alma, como aqueles que hão de dar conta delas; para que o façam com alegria e não gemendo, porque isso não vos seria útil.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Participe e ganhe!

Nos Acompanhe!

Facebook - Curta nossa Página…

Tecnogospel

Missões e Evangelismo

Vivos! O site da fé Cristã!

Publicidade

Divulgador

Publicidade